29 DE SETEMBRO A 1º DE OUTUBRO

Santa Cruz Jazz n' Blues

O Santa Cruz Jazz n’ Blues vai trazer a cidade de Santa Cruz do Sul, em três dias de festival, o melhor da produção do jazz e do blues, nacional e internacional. Serão três dias de shows, com nove atrações e apresentações ao ar livre, na Praça da Cultura, numa estrutura montada especialmente para o evento, que contempla ainda serviços de venda de bebidas e alimentação.

De 29 de setembro a 1º de outubro, Santa Cruz será invadida pelo som do jazz e do blues, a programação também prevê um workshop para estudantes e profissionais da música e um debate sobre a produção musical da cidade.

Com a realização do Ministério da Cultura/Governo Federal, Secretaria Municipal da Cultura/Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul, Branco Produções e Samba Estúdio Design, o festival conta com o patrocínio da Rio Grande Seguros e Previdência e Icatu Seguros, com o apoio da RBS TV, HBier Cervejaria e Hotel Charrua.

No show de lançamento do festival, dia 31 de julho, o público lotou o HBier Public House, mostrando toda a expectativa e entusiasmo que ronda a realização deste festival em Santa Cruz do Sul e região.

Shows

A programação de shows abre no dia 29 de setembro, com o quinteto gaúcho CANJERANA, que, em sua apresentação, estará homenageando o santacruzense Chiquinho do Acordeon, músico que fez história na música brasileira, na Orquestra da Rádio Nacional, no sexteto de Radamés Gnattali e com o grupo Chiquinho e seu Conjunto.

O primeiro dia de shows, segue com a primeira atração da cidade, o guitarrista GUTO KONRAD, que traz seu blues rock ao palco do festival.

Fechando a primeira noite, a presença do músico carioca JOSIEL KONRAD, uma das grandes revelações do jazz e da música instrumental brasileira, que vêm com seu quinteto apresentar sua música moderna e inovadora.

A segunda noite abre com o jovem bluseiro gaúcho MONEY MAN, que traz seu blues rural acústico ao palco do festival ao melhor estilo de Robert Johnson e Mississipi John Hurt. O festival segue com a cantora e pianista gaúcha MARI KERBER, que, com seu trio, vêm mostrar porque é uma das maiores revelações da música gaúcha dos últimos tempos, com sua mistura de jazz, blues e Rhythm & Blues.

Encerrando a segunda noite a primeira atração internacional do festival, a saxofonista uruguaia PATRÍCIA LÓPEZ, no seu show ela mostra porque é um dos grandes nomes do jazz do país vizinho.

A terceira noite, abre com a segunda atração da cidade no Santa Cruz Jazz n Blues, a PRIVILEGE JAZZ, banda que já conquistou o coração dos santacruzenses.

Segue com o samba jazz do JAMBO TRIO. Formado por três dos principais nomes da cena jazz e instrumental de Porto Alegre, o trio foi um dos grandes sucessos do Poa Jazz Festival deste ano, realizado em março.

O festival encerra com a segunda atração internacional, a cantora e pianista americana CHERYL RENÉE. A Deusa do Blues de Cincinnati vai mostrar o que levou o escritor Charles Sawyer, autor de “The arrival of B.B. King” a declarar: "Cheryl é um meteorito, sem dúvida. Ela queima com uma intensidade de fogo, ela brilha em brasa e devasta tudo em seu caminho".

Para + informações entre em contato @santacruzjazznblues.com.